Transmissor de vazão termal: princípios de funcinamento e novidades da CONTECH

Esses equipamentos têm como objetivo medir a velocidade de uma massa passando através de um espaço fechado, geralmente um tubo

 

transmissor-de-vazao-termal

 

 

Os transmissores de vazão termais, também conhecidos como medidores de vazão por balanço térmico, são importantíssimos Na medição de gases nos mais diferentes segmentos industriais. São bastante utilizados para medir as taxas de fluxo de gases durante operações de extração de petróleo.

Princípios básicos de funcionamento:
Os medidores de fluxo térmico CONTECH utilizam um diferencial de temperatura constante (Constante Δ T) para medir o fluxo de massa do ar e gases.

O sensor de fluxo de massa térmica consiste em dois detectores de temperatura (RTD). O RTD de referência mede a temperatura do gás. O instrumento eletrônico aquece o sensor de fluxo de massa, ou elemento aquecido, por um diferencial de temperatura constante (constante Δ T) acima do gás. Mede o efeito de resfriamento do fluxo de gás.

A energia elétrica necessária para manter uma temperatura constante é diretamente proporcional à taxa de fluxo de massa do gás.
O microprocessador lineariza esse sinal para fornecer um sinal linear de 4-20ma.

A CONTECH contextualizou o medidor mássico termal justamente para apresentar sua novidade, que representa avanços importantes em recursos e tecnologia, o novo transmissor de vazão termal por inserção, que chega para inovar o mercado e pode ser utilizado para inúmeras aplicações industriais, como petróleo, gás e refinaria. O equipamento é eletrônico, micro processado, programável em campo com display e retro iluminado.

Confira algumas características do instrumento de medição:

– Painel de configuração padrão 2×16 caracteres;
– Software de configuração;
– Sem nescessidade de compensação de pressão e temperatura;
– Mede a vazão total de gás e temperatura;
– Sondas de inserção para tubulação de 1½ a 70″;
– Equipado com sensor de (2ª) DDC;
– Disponível com menu de gás com recurso de seleção;
– Calibração rastreável com NIST;
– Saída padrão 4 a 20ma, porta USB, (2ª) saída pulso;
– Comunicação, opcional, RS485 Modbus RTU, HART;
– Amplo alcance de medição;
– Precisão para Ar/1%, outros gases/1,5%;
– Certificações: CE, FM, ATEX, IECEX, NEMA 4X.

Este equipamento inovador já está sendo disponibilizado no mercado brasileiro pela CONTECH, referência nacional em instrumentos de medição. Para saber mais sobre o transmissor de vazão termal por inserção.

Compartilhe:

Comentários