Sistemas convencionais e sistemas endereçáveis de incêndio

Conheça as principais diferenças, além das vantagens e desvantagens dos dois modelos

detectores-de-incendio-e-fumaca

Para indústrias e empresas dos mais variados segmentos, é importantíssimo contar com equipamentos de proteção contra incêndios confiáveis, eficientes e seguros. E ao olhar para o mercado, é possível notar que existem dois grandes grupos de aparelhos: os sistemas convencionais e os sistemas endereçáveis. Para fazer a melhor escolha e proteger seus colaboradores, conheça as diferenças e vantagens de cada modelo agora:

Sistemas convencionais de incêndio

Estes aparelhos utilizam um painel eletrônico ou eletromecânico, com pelo menos um circuito elétrico em 24VCC. Este laço possibilita a instalação de inúmeros dispositivos de detecção, como acionadores manuais, alarmes e detectores de fumaça. Vale ressaltar que este sistema só consegue identificar um dispositivo acionado por vez.

Para reconhecer uma irregularidade, o sistema convencional compara quedas de tensão no circuito. Isso significa que, se um dos dispositivos for atuado, um resistor limitará a tensão do circuito. Após a identificação do problema, é preciso realizar o reconhecimento visual no local do alarme.

Sistemas endereçáveis de incêndio

Os sistemas endereçáveis possuem um painel eletrônico, com pelo menos um circuito elétrico. Como nos sistemas convencionais, este laço possibilita a instalação de outros dispositivos e cada um deles tem um endereço lógico único.

O painel endereçável identifica irregularidades por meio de um software, não por queda de tensão. Ele envia sinais para cada endereço, até que todos sejam checados. Este processo dura, em média, de 4 a 5 segundos. Se um dispositivo é acionado, o sistema identifica exatamente qual deles disparou, qual o tipo de evento (fogo ou falha), a data e a hora da ocorrência. Vários dispositivos podem ser acionados simultaneamente e é possível controla-los através de uma tela de LCD.

Geralmente, os sistemas convencionais têm custo mais baixo e são utilizados em projetos mais simples, com zonas menores de cobertura. Já os sistemas endereçáveis são mais modernos e, apesar do custo um pouco mais alto, podem monitorar áreas bem mais extensas com maior precisão e eficiência.
Agora que você já conhece as principais diferenças e as vantagens e desvantagens entre os dois modelos de sistema de proteção contra incêndios, conheça o que existe de melhor no mercado com os produtos da Contech.

Compartilhe:

Comentários